22 de agosto de 2018, Vitória da Conquista - BA

“Qualificar profissionais com uma visão crítica para atuarem nas áreas tecnológicas, principalmente nas que fazem uso de equipamentos eletrônicos, telecomunicações, automação e robótica. Proporcionar ao profissional uma visão atualizada, abrangente e dinâmica para que ele possa assim melhor contribuir, de forma ética, para o desenvolvimento da sociedade”.

 

Engenharia Elétrica – Saiba Tudo Sobre o Curso na Faculdade Fainor

“Alcançar a excelência na formação de profissionais de Engenharia da Elétrica capazes de exercer a profissão de forma empreendedora nos diferentes contextos socioeconômicos”.

Proporciona ao aluno uma sólida formação, por meio de uma base matemática consistente e dos conhecimentos dos fenômenos físicos, seguidos da formação específica na área de Engenharia Elétrica, com foco nas tecnologias mais utilizada no mercado profissional.

 

O aluno frequenta aulas práticas desde o primeiro semestre, aproveitando toda infraestrutura dos laboratórios de física, eletrônica, controle e automação, robótica, eletricidade, informática e simulação computacional. Assim, os profissionais poderão especificar, conceber, desenvolver, implementar, adaptar, produzir, industrializar, instalar, manter e supervisionar sistemas.

 

Além disto, o curso busca desenvolver a dimensão humana da pessoa que atua na área de tecnologia, especialmente, a criatividade, a motivação, o dinamismo, o trabalho em equipe e as relações interpessoais.

 

O estudante pode participar de grupos de pesquisa e iniciação científica, projetos de extensão, projetos de ensino, palestras e seminários de cunho tecnológico e científico, abrindo as possibilidades de atuação profissional.

 

Coordenador do curso de Engenharia Elétrica da FAINOR:

Marlon Pamponet

Telefone do Colegiado de Engenharia Elétrica:
(77) 3161-1075

E-mail Institucional:
eletrica@fainor.com.br

O curso de Engenharia Elétrica da Fainor é oferecido nas duas ênfases: Eletrônica e Eletrotécnica.
Na área de Eletrotécnica, o escopo de atuação é composto por: geração, transmissão e distribuição de energia, além da área de instalações elétricas.
Na área de Eletrônica, os profissionais podem atuar nas áreas de eletrônica, telecomunicações, controle e radiodifusão.

 

Os campos de atuação profissional vão desde a manutenção, operação e instalação de equipamentos eletro-eletrônicos, até a elaboração de projetos e desenvolvimento de produtos.
Nesses campos, atuação pode ser direta, supervisão de equipes, gestão de processos, perícia, consultoria ou assessoria técnica especializada.

 

O engenheiro eletricista participa de decisões que influenciam na vida das pessoas, ao estabelecer regras, padrões e métodos de relacionamento com a tecnologia. Por exemplo, ao determinar uma rotina de manutenção de um elevador, o profissional impacta na vida de dezenas de pessoas. No caso de um metrô, o número de pessoas envolvidas passa dos milhares. No desenvolvimento da automação de processo industrial ou comercial, a atuação do engenheiro pode gerar resultados financeiros fantásticos para uma empresa, sendo reconhecido profissionalmente e em termos de carreira. São apenas exemplos de como o engenheiro eletricista influencia na sociedade.

O engenheiro eletricista é um desses profissionais que facilita muito a vida das pessoas. Qualquer aparelho que possa ser ligado na tomada foi desenvolvido por um profissional dessa área. Cafeteira, microondas, geladeira… a lista é extensa.

Além das tradicionais áreas, de transmissão e distribuição de energia elétrica, com demanda em todo o Brasil, há procura pelo profissional por parte de centros de pesquisa e desenvolvimento de empresas e indústrias. Muitas companhias multinacionais, contratam engenheiros eletricistas para desenvolver e testar novos produtos.

Algumas das empresas que mais contratam este profissional são as empresas de telecomunicações, construtoras, indústrias e empresa de sistemas e de automação. Um engenheiro elétrico ainda pode trabalhar em órgãos públicos (como secretarias, ministérios e instituições municipais, estaduais e federais) e também na iniciativa privada.

A cidade de Vitória da Conquista vive um momento de crescimento intenso, o que amplia substancialmente a demanda do profissional de Engenharia Elétrica, considerando o “boom” da construção civil  e  vinda  de indústrias para a cidade e região.