Agricultura familiar: App de estudante FAINOR é premiado - FAINOR - Faculdade Independente do Nordeste
21 de outubro de 2020, Vitória da Conquista - BA
08 out2020

Agricultura familiar: App de estudante FAINOR é premiado

por Ascom

Desafio do Sebrae foi criar soluções tecnológicas para pequenos produtores

Um aplicativo com interface simples e que auxilie o pequeno produtor rural no controle dos gastos. Essa foi a ideia desenvolvida pelo estudante de Engenharia de Computação da FAINOR, André Saimon e equipe, para o desafio Hackathon Agritech, promovido pelo Sebrae em setembro. O app AgriFácil foi premiado entre os três melhores da Bahia.

 

O objetivo do grupo foi desenvolver um programa que simplifica a gestão financeira do agronegócio familiar e que, além disso, traga informações vitais para os pequenos produtores, como notificações de editais de fomento e capacitação na área de gestão financeira. Além do estudante André Saimon, a equipe contou ainda com a engenheira agrônoma Lorena Silva, a técnica em Agronegócio, Josiane Santos, e com o produtor rural, Giliardson Cézar.

 

“Foi a primeira vez que participei de um hackathon. Interagir com outras pessoas, de outras cidades e até mesmo de outros estados, tornou a experiência mais rica e construtiva”, comenta André Saimon. A equipe fez uma pesquisa sobre os principais problemas enfrentados na agricultura familiar, somando as afinidades de cada membro nas áreas específicas, tanto de tecnologia e gestão, quanto de agronomia.

 

“Pude propor soluções com base nos conhecimentos que adquiri no meu curso. Sem ele, seria impossível”, explica André Saimon. O estudante conta que, desde que entrou no curso de Engenharia de Computação da FAINOR, tem sido orientado a participar de hackathon’s, as maratonas de programação. “E não foi diferente com esse, pois fiquei sabendo do desafio através da divulgação feita pela professora Natália”, acrescenta, citando a coordenadora do curso, professora Natalia Lima de Oliveira Santos.

 

Como prêmio pelos bons resultados, a equipe de André ganhou uma Aceleração do Sebrae – que apoia startups – e uma incubação na Vale dos Quitandeiros, da Universidade Federal do Oeste da Bahia – que fomenta a inovação.

Compartilhe