20 de julho de 2018, Vitória da Conquista - BA

Insígnia representa o espírito da FAINOR

Em comemoração aos 15 anos de fundação, a FAINOR apresentou o Brasão de Armas da instituição, concebido pela Sociedade Brasileira de Heráldica e Humanística. A insígnia busca, por meio dos símbolos e cores, representar o espírito da FAINOR, seus valores e perspectivas.

 

O brasão está representado em forma de escudo ibérico português clássico, com bordas em preto, que simboliza prudência, astúcia, rigor e honestidade. Estão simbolizadas a origem, posse, atividade e domínio da FAINOR.

 

No campo denominado “Chefe”, está assentada a logo da FAINOR, em fundo branco que designa o metal prata, e que expressa pureza, integridade, firmeza, obediência, esperança, eloquência, limpeza, beleza, verdade, franqueza e felicidade. A Esfera Armilar, em ouro, é um instrumento de astronomia aplicado à navegação, como uma representação do Universo cujo centro é a Terra. Simboliza poder, neste caso, na atuação nos domínios acadêmicos.

 

Na partição superior – complementando o ponto de honra do Escudo – à esquerda do observador, está inserida a figura de um Livro, antigo e aberto, que na armaria luso-brasileira, representa a erudição e o respeito à Lei e à Ciência. A palavra de origem grega “Egrégorien” significa “estar alerta”. É como se denomina a força espiritual criada a partir da soma de energias coletivas (mentais, emocionais) de duas ou mais pessoas, quando se reúnem para uma finalidade comum.

 

À direita do observador, encontra-se a figura de um Archote flamejante, que simboliza luz, ciência, conhecimento, sabedoria, amor árduo e patriótico, generosidade e virtude constante. O preto da haste simboliza prudência, astúcia, rigor e honestidade.

 

Dominando a parte inferior do estudo está representado o Nordeste Brasileiro e – no mapa da Bahia – sobressai, em verde, um móvel heráldico no formato de uma esmeralda, emprestada do Brasão de Armas da cidade de Vitória da Conquista. O amarelo simboliza nobreza, riqueza, poder, força, sabedoria, vigor, poder, circunstância, riqueza, tolerância e firmeza. Já o verde expressa esperança, fé, amizade, amor, juventude, liberdade, gentileza, possessão, graça e precisão.

 

O Brasão de Armas da FAINOR constituiu, como seus suportes, dois leões rampantes, ornados do esmalte ouro. Na armaria o leão é o animal mais nobre, símbolo de força, grandeza, coragem, nobreza de condição, domínio, proteção, altivez e orgulho.

 

No ornamento exterior, onde heraldicamente se insere o grito de guerra, foi sintetizada a força filosófica da FAINOR, por meio da expressão latina “Mens Agitat Molem”, cujo significado literal é “O Espírito Move a Matéria”. Essa frase é contemporaneamente empregada com o sentido de “A inteligência humana domina a matéria”.