Notícias

Cursar Direito é uma boa ideia? Entenda

28 de junho de 2024

Cursar Direito é uma boa ideia? Cursar Direito na graduação é o sonho de muita gente. Na maioria dos casos, é a vocação pessoal falando mais alto. Em outros, pode ser a expectativa da família, uma opção abertamente racional ou apenas uma tentativa de acertar. Mas e então, cursar Direito é mesmo uma boa ideia? Vamos entender neste artigo.

Para início de conversa, as oportunidades de carreira para um profissional do Direito são numerosas. Depois da faculdade – e tendo em mãos a carteira da OAB – é possível atuar advogando, como autônomo ou como funcionário; como diplomata, na área de compliance ou prestando consultoria a empresas.

Mas não para por aí: o concurso público é sempre uma possibilidade atraente e promete sucesso financeiro e de prestígio, em funções como analista em tribunais estaduais ou federais, delegado de Polícia Civil ou Federal, defensor público, promotor de justiça, juiz de Direito, entre outros cargos. Além disso, a carreira docente e de pesquisador é um caminho constante.

E, por falar em constância, o mercado de trabalho tem essa característica de demanda crescente. Acontece que sempre haverá pessoas ou empresas precisando dos serviços de um advogado para se defender, para fazer uma acusação ou para criar regimentos, por exemplo.

Toda essa demanda é refletida, também, no reconhecimento financeiro. De acordo com pesquisa do Portal Salário, junto a dados de mais de 26 mil profissionais nos últimos 12 meses, um advogado recebe em média R$5 mil, para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais no Brasil. Conforme o profissional vai ganhando conhecimento e experiência, este valor pode chegar a R$30 mil – em grandes escritórios ou como juiz.

As áreas do Direito

Há uma lista de áreas específicas do Direito às quais o advogado pode se dedicar:

  • CivilCursar Direito é uma boa ideia?
  • Ambiental
  • Empresarial
  • Da tecnologia e informação
  • Do consumidor
  • De família
  • Contratual
  • Penal
  • Trabalhista
  • Tributário

Algumas dessas áreas, inclusive, estão em franca ascensão, como o Direito da Tecnologia, em função das leis relacionadas à proteção de dados (LGPD), e o Direito Ambiental – uma preocupação cada vez mais urgente para toda a sociedade.

E aí? Concorda que cursar Direito é, sim, uma boa ideia? Então vamos saber do que você precisa para se dar bem no curso:

Na verdade, o perfil do estudante de Direito é bem diverso – e grande parte das habilidades necessárias para o desenvolvimento de uma carreira brilhante serão aprendidas e treinadas na faculdade. Mas um bom ponto de partida é gostar de ler e de escrever.

Outras características, como capacidade argumentativa, inteligência emocional e poder de convencimento e de persuasão serão desenvolvidas com os estudos e com a prática. Uma boa faculdade prepara o futuro profissional, inclusive, para saber lidar com conflitos.

E aqui entra uma outra questão muito importante que é a faculdade em que a graduação será feita. A bagagem teórica oferecida durante o curso precisa ser robusta e as atividades práticas precisam ser consistentes, para que o estudante se torne um profissional seguro, capaz e pronto para comandar a própria carreira.

Um corpo docente experiente, com reconhecimento acadêmico e no mercado de trabalho, é uma das vantagens que a FAINOR oferece aos graduandos. Aliado a uma biblioteca online, com atualizações constantes e um acervo poderoso, isso garante o arcabouço teórico que o estudante vai descobrir ser imprescindível.

Já a parte prática encontra suporte nos convênios de estágio e, em destaque, no Núcleo de Prática Jurídica. O NPJ, inclusive, permite unir dois aspectos muito importantes da profissão: os estudantes aprendem na prática, trabalhando com casos reais, e a comunidade pode ser atendida gratuitamente, com acesso à cidadania e à dignidade.

A FAINOR ainda oferece um outro suporte que pode fazer a diferença na jornada acadêmica: o Setor de Atendimento ao Discente – Seadi. A equipe do setor está sempre pronta para acolher o estudante que tenha dificuldade com a aprendizagem, precise de alguma atenção especial nesse sentido ou que queira aprender a organizar o tempo e as técnicas de estudo. Casos que necessitem de ajuda de outros profissionais – como psicólogos – também são encaminhados pelo Seadi.

Por tudo isso, melhor do que cursar Direito é cursar Direito na FAINOR. O processo seletivo já está aberto e, nesse caso, o candidato pode fazer o vestibular online e gratuito aqui. Ou pode optar por usar a Nota do Enem – de qualquer edição do exame. A FAINOR ainda aceita transferência externa e tem condições especiais para segunda graduação.

Rematrícula 2024.2